+55 11 3209-3492

Aposte na Black Friday e venda muito mais!

Como acontece todos os anos, a internet se agita no mês de novembro. O motivo, é claro, são os descontos promovidos pela Black Friday.

Black Friday

Essa rotina no comércio não nasceu aqui, na verdade é uma tradição norte-americana que teve início devido a um grande problema no setor financeiro do país. A chamada “Sexta-feira negra” ganhou esse nome porque no final do século XIX duas grandes instituições financeiras do país quebraram no mesmo dia durante a corrida do ouro no país. Isso na verdade, nada tem a ver com os descontos que todo mundo ama, principalmente os brasileiros. A teoria mais aceita para a criação desta data diz que, devido ao trânsito caótico que as cidades da Filadélfia tinham depois do feriado de Ação de Graças, a 4º sexta-feira de novembro passou a ser chamada de “sexta-feira negra”.

Com esse trânsito todo, os comércios ao redor das estradas e ruas mais acessadas passaram a dar descontos para chamar a atenção das pessoas nos carros e, consequente, vender mais. Foi então que a Black Friday passou de algo ruim para um dia lucrativo para os americanos. Com a popularização do dia e, principalmente do termo nos Estados Unidos, adivinha quem gostou da ideia e aderiu a tradição? Sim, os tupiniquins!

No Brasil, a ideia da Black Friday era vista no início como uma forma de “americanizar” o comércio e fazer com que as pessoas gastem aquilo que elas não tem, mas essa visão foi esquecida logo na primeira edição, em 2011. Com o auxílio do Portal Busca Descontos, a Black Friday brasileira ganhos peso, primeiro no mundo on-line, depois de algumas edições todas as lojas físicas quiseram participar, dando mais importância e relevância no comércio. Hoje em dia, a sexta-feira negra (que de ruim não tem nada) é uma das datas que mais gera movimentação de compra no ano, perdendo apenas para o dia das mães e natal.

Como usar a Black Friday a favor do e-commerce?

Mesmo que a sexta-feira de descontos esteja presente nos comércios presenciais, o forte do dia de comércio é a internet. Os sites e as lojas virtuais se preparam para receber um grande número de acessos simultâneos diante das ofertas quase irresistíveis da Black Frifay. Desde o início da tradição da sexta-feira negra, o brasileiro costuma ver os primeiros sinais de bons descontos na internet, ainda no início do mês de novembro. Descontos e avisos sobre a data nos sites de grandes varejistas, recebendo e-mails marketing aqui e ali, alguns SMS de lojas que você alguma vez se cadastrou, tudo para chamar a atenção do cliente que procura por um bom negócio.

Para quem é dono de um e-commerce, a chance de mudar os resultados de vendas está toda voltada para as datas comemorativas do ano e uma das principais é a Black Friday. Mas, é importante avaliar que o seu investimento deve durar o ano todo, e não apenas nos últimos meses. Em 2017, a Black Friday atingiu um total de R$ 2.1 bilhões em vendas só no Brasil e a cada ano, desde 2011 esse total de vendas aumenta.

Mesmo com todo esse sucesso, é importante que os donos de lojas online fiquem atentos a um ponto muito importante para obter retornos na Black Friday: o desempenho do site!

Todo dono de e-commerce sabe quem em datas como a Black Friday, os picos de acesso simultâneo a um mesmo produto podem superar 200% o número total de acesso do ano, por isso o investimento em infraestrutura para essa loja online deve ser pesado nos meses que antecedem a sexta-feira negra brasileira.

6 dicas para preparar o seu e-commerce

Pensar na usabilidade do site é o principal ponto a ser levado em consideração, afinal, todo mundo gosta de encontrar o que procura de um jeito fácil na internet. Por isso, evite textos longos, descrições desnecessárias, cores sem graça e uma hospedagem que garante estabilidade ao site. De acordo com dados da empresa Reclame Aqui, o número de reclamações por mal funcionamento dos e-commerces durante o período da Black Friday crescem a cada ano e para que você não perca vendas, separamos algumas dicas que podem ajudar.

  • Estratégia de marketing

Pensar em uma boa estratégia de marketing deve ser o ponto inicial da sua campanha para a Black Friday. Isso porque é necessário avaliar as possibilidades de descontos em determinados tipos de produtos, a fim de não sair no prejuízo. Mas, principalmente, é necessário montar uma estratégia de marketing para ajudar a divulgar a sua participação na sexta-feira que mais possibilita vendas no varejo online. Verifique, junto a sua equipe de comunicação e vendas, as possibilidades de descontos para cada tipo de produto. Depois, vale pensar em uma forma de abordar os usuários na web a fim de trazê-los mais para perto do seu e-commerce. Investir em descontos “pré” Black Friday também é uma excelente opção de estratégia de marketing.

  • Estoque

Um dos principais medos do empresário dono de e-commerce é que a sua Black Friday se transforme em uma Black Fraude. Evitar esse rótulo é simples e só requer um pouco de atenção. Por isso, é importante cuidar do estoque disponível para uma data como essas. Afinal, você não quer vender algo que já não existe no seu estoque, não é?! Tome conhecimento de tudo o que tem no seu estoque para disponibilizar os produtos corretos nas promoções da sua Black Friday. Isso tudo para evitar que problemas posteriores relacionados às compras que podem acontecer e transformar o seu e-commerce em um pesadelo depois do grande dia. Manter um estoque organizado e controlado é uma peça-chave para garantir o sucesso das vendas no e-commerce durante a sexta-feira negra.

  • Segurança

Você precisa se precaver de fraudes e problemas relacionados às compras de produtos no seu e-commerce durante a Black Friday. Além disso, você também precisa proteger os dados dos seus clientes como número de cartão de crédito, dados pessoais, como CPF e RG, dados de localização e demais informações sobre os usuários que vão comprar com você nesta Black Friday.

  1. Determine as formas de pagamento que tem menos incidência de fraude nas compras online;
  2. Nunca fuja da sua estratégia de marketing;
  3. Organize seus produtos de acordo com o estoque;
  4. Prepare seus funcionários para cuidar das vendas em tempo real;
  5. Planeje como será o pós-venda.

A segurança é o ponto mais importante em um e-commerce para conseguir vender mais e melhor de forma eficiente, preservando seus dados e os dados de cada um dos seus clientes. Nunca deixe de ter acesso a um certificado SSL, é como um atestado de segurança para o Google e para os clientes que procuram comprar novos produtos.

  • Desempenho

Outro ponto extremamente importante é garantir que o seu e-commerce fique estável durante todo o período que durar a Black Friday. Isso significa que você precisa cuidar para que durante os picos de acesso simultâneo a usabilidade da página não seja prejudicada enquanto um cliente estiver comprando. Garantir uma memória extra para o seu site pode ser uma excelente forma de manter o desempenho de uma página e-commerce durante as vendas de um dia como a Black Friday. Algumas empresas que ofereciam serviços de hospedagem ajudam as lojas online a manter a estabilidade de um e-commerce, principalmente em datas como essas. Além da memória extra, manter todas as informações dos produtos atualizadas é uma maneira de garantir que seus clientes não se confundam quando decidirem comprar um produto seu.

  • Chat on-line

Preparar uma equipe para o dia da maior sexta-feira do ano pode ser uma das tarefas mais importantes para um dono de e-commerce. Isso porque o número de pessoas que procuram ajuda de alguém durante suas compras na Black Friday aumenta consideravelmente. Para isso, nada melhor do que uma equipe preparada e que esteja ali de prontidão para garantir que os usuários do site possam esclarecer suas dúvidas. Separe uma equipe especializada em atendimento ao cliente por meio de um chat pode ser o que você precisa para resolver as dúvidas de todos os usuários, sem que eles saiam do site para resolver alguma coisa antes de comprar.

  • Fidelize

De nada vale vender muito na Black Friday se esses mesmos clientes não voltarem a comprar de você depois dessa data. Por isso, trabalhe as estratégias de fidelização de todos os clientes que comprarem no seu e-commerce. Dessa forma, as chances de obter mais sucesso nas vendas posteriores aos dias de grande movimentação são melhores, pois os clientes já conhecem o modelo de trabalho que o seu site oferece, incluindo a facilidade de comunicação com os clientes depois das compras efetuadas. A fidelização é um processo importantíssimo para um e-commerce, principalmente quando o assunto é manter o cliente na casa por mais tempo.

Aproveite esta Black Friday para vender muito mais

Com um bom trabalho no seu e-commerce, as chances de vender mais de forma eficiente são muito boas, não apenas na Black Friday, mas principalmente nos dias comuns do ano. Conseguir bons resultados de vendas depende muito da sua preparação para cuidar do e-commerce em qualquer data, seja ela comemorativa ou não, por isso, cuide das estratégias de marketing e de todos os pontos necessários para ter mais sucesso de vendas. Além disso, é importante organizar muito bem a sua equipe para atender remotamente os usuários que estão em busca de comprar algum produto dentro do e-commerce. Assim, seus clientes terão acesso a um serviço eficiente, organizado e mais barato quando precisarem adquirir qualquer tipo de produto no site.

Não esqueça de deixar aquele like e nos compartilhar nas redes sociais!

Até a próxima!

Related Posts

Deixe seu comentário

FALE COM A GENTE AGORA!